Aprenda a Vencer o Inimigo Número Um do Sucesso

Compartilhar

O inimigo número um do sucesso está presente nas nossas vidas quase o tempo todo. Veja como ele atua:

– A nossa sociedade o cultua como um deus (consciente ou inconscientemente) por uma simples razão: ele faz com que todos andemos “na linha”.

– É ele que impede as pessoas de reconhecerem uma boa oportunidade.

– Ele desgasta a sua vitalidade e faz com que você engula o “famoso sapo” quando se depara com alguma injustiça.

– Ele é uma força poderosa que de algum modo impede que as pessoas consigam o que desejam na vida, deixando claro o motivo por que milhões de pessoas realizam e desfrutam pouco.

– Esse inimigo impede até que pessoas iniciem um negócio próprio.

Calma, já vou dizer qual é o inimigo número um do sucesso, mas seria interessante se você tentasse identifica-lo antes mesmo de eu mencioná-lo.

O sucesso pode acontecer em qualquer atividade, em qualquer circunstância na sua vida, mas o inimigo número um estará sempre lá, espreitando tudo o que você faz e ainda dizendo que estará ali para te ajudar!

inimigo numero um do sucesso

Você tem que aprender a identificar e a lidar com ele, não acreditar na falsa promessa de ajuda e enfrentá-lo para talvez mais tarde descobrir, que ele é apenas um fantasma criado por sua mente.

É como um pesadelo que pode parecer bem real no momento em que ocorre, mas assim que você acorda, percebe que era apenas uma ilusão.

Se já leu sobre o Mito da Caverna de Platão, então já sabe do que estou falando.

Descobriu o inimigo número um do sucesso?

É o medo.

Medo de todos os tamanhos, de todos os tipos. Medo do que vão falar, medo de ser rejeitado, de não pertencer à multidão, medo do fracasso, medo até do próprio sucesso!

É incrível como as pessoas perdem um tempo precioso das suas vidas temendo o pior! É por isso que a maioria fica num emprego sem satisfação alguma e é por esse mesmo motivo, que empreender e prosperar não é para todos.

Assista ao nosso Vídeo Exclusivo sobre esse tema. Inscreva-se no Canal e conte-nos se o nosso conteúdo está sendo relevante para você.

8) VENCENDO O INIMIGO NUMERO UM DO SUCESSO.


Acho que o maior medo deveria ser o de evoluir e ficar exatamente onde estamos. Os sentimentos de decepção podem nos afogar ou moldar.

Todavia, o maravilhoso desse fato, é o seu poder de decisão sobre o rumo que tomará a sua vida depois de cada acontecimento. Nós temos essa liberdade, então podemos escolher por trilhar um caminho sem medo.

Quero que você tenha em mente uma coisa muito importante para ser lembrada durante toda a sua vida: ninguém nasce autoconfiante. Você nasce inocente, mas não autoconfiante. A confiança é algo que se desenvolve, que se pratica.

Em cada episódio da sua vida onde estiver presente o medo, você vai precisar agir.  Não existe um antídoto melhor para o medo do que a ação.

Geralmente temos uma ação específica para solucionar cada situação de medo. Desde o medo de ter problemas de saúde, até o medo de perder um grande cliente ou reprovar num exame importante.

Por outro lado, se ficarmos indecisos ou adiando essa ação, vamos alimentar ainda mais o medo. De qualquer maneira, agir para exterminar o medo é uma das regras de ouro para empreender e alcançar o objetivo.

Você precisa agir para se preparar, agir para solucionar. Determine com exatidão do que é que você tem medo e depois de identificado, comece a trabalhar nele para que deixe de ser “uma pedra no seu caminho”.

O Medo Líquido – Pior Inimigo do Sucesso

inimigo numero um do sucesso

Zygmunt Bauman, sociólogo e filósofo, inicia o seu livro Medo Líquido, dizendo que a ciência já provou inúmeras vezes que nós temos medos de perigos e ameaças assim como todos os animais. É o instinto de sobrevivência. Porém, os humanos sofrem uma espécie de “medo secundário”.

Seria um medo “reciclado”, que provém da esfera social e cultural, o medo modelado pelas experiências e consequentemente, filtrados por outras pessoas e passados de geração em geração.

Esse medo também chamado de “medo de segundo grau”, modela o comportamento humano mesmo que uma ameaça ou perigo não esteja presente, nos torna pessoas medrosas sem saber exatamente por quê.

Segundo o estudo de Bauman, esse medo nos deixa vulneráveis e suscetíveis às memórias da sociedade. (pág. 9)

É como se pudéssemos ser atingidos a qualquer instante e sofrermos as mesmas dores que outros já sofreram. Vivemos uma intensa sensação de insegurança.

Se abraçarmos todos os medos, que são reflexos inconscientes de coisas que nem estão acontecendo conosco, tenderemos a reagir de forma ostensiva, repressora e até ameaçadora, sem nenhuma causa aparente.

O pior medo é aquele que não podemos ver, é abstrato, difuso, uma ideia preconcebida de nós mesmos e do mundo.

Nas palavras de Bauman sobre esse tipo de medo: “tendo assolado o mundo dos humanos, o medo se torna capaz de se impulsionar e se intensificar por si mesmo” (p.172).

Se você nunca pensou nesse medo como o inimigo número um do sucesso, de modo geral, então pense nas suas reações ao encontrar alguém novo, ou ao iniciar um desafio, ou colocar em prática uma ideia inovadora.

Lembre-se: para construir ativos que gerem renda passiva é preciso pensar a longo prazo e plantar uma nova semente todos os dias.

Elimine O Medo Através da Memória

escolher memórias de sucesso

Nesse processo uma das coisas que você tem que tratar com imenso cuidado é a sua memória. A memória é como um banco de dados que vão se acumulando com o passar do tempo.

Dependendo das suas vivências, alguns traumas ficam ali atrapalhando e confundindo ao tomarmos alguma decisão.

Por exemplo, na minha fase de criança e adolescente passei por situações bem difíceis, chegando a ponto de não ter o que comer. A minha memória foi guardando essas informações e meu cérebro começou a agir no “modo escassez”. Sempre que eu ia comer alguma coisa me assegurava de dividir em duas porções, uma para comer na hora, e a outra para comer depois. Tudo bem, aquilo era útil naquele momento!

O tempo passou e depois de muito trabalho duro a minha situação de vida finalmente começou a mudar, mas mesmo hoje em dia, quando vou ao supermercado, penso em comprar qualquer produto duplicado, um para consumir, e um para estocar.

É por isso que faço exercícios mentais, meditação e cuido o tempo todo dos pensamentos que coloco na minha mente e que se tornarão parte da minha memória, para não deixar que o passado tire o frescor do presente e atrapalhe as infinitas possibilidades do futuro.

O “modo escassez” pode fazer com que eu não enfrente uma dificuldade com sabedoria. Assim, identifico todos os meus medos e trabalho para substituí-los em minha memória. A autoconfiança aumenta desse jeito, substituindo experiências negativas por experiências positivas. É um exercício diário.

Sempre antes de dormir relembre tudo o que aconteceu de positivo no seu dia, e agradeça por isso. Conecte-se com a vida através da positividade e nada terá o poder de desequilibrar e tirá-lo da trilha do sucesso.

Entenda que o passado é um aprendizado, o presente é o único momento e o futuro dependerá dos seus pensamentos e atitudes no momento presente.

Se você sofre de medos, mas quer muito mudar, quer ter seu próprio negócio, abrir-se para novas oportunidades, então pratique exercícios que vão diretamente à fonte dos medos. Trabalhe sua memória e sua capacidade de refazer as conexões cerebrais.

Lembre-se que o cérebro é flexível e está em constante mutação, basta que você o direcione para o caminho certo, aquele que o fará mais livre, autoconfiante e com a autoestima necessária para viver qualquer coisa que se apresente.

Até já, abraços.

Yasser Alejandro

 


Compartilhar

Comentários

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

WhatsApp chat
%d bloggers like this: